Principais causas da falta de libido “tesão” nas mulheres!

Todas as pessoas, sem fazer diferença de gênero, têm desejo sexual; esse desejo é a chamada libido. Especialistas em sexologia consideram que o desejo estaria condicionado por diversos elementos: entre estes elementos nos deparamos com condições educacionais, sociais e culturais, assim como também problemas hormonais. É dizer, que, em grande parte, o desejo sexual pode ser determinado pelo contexto em que habitamos.

baixa libido

Foi dito que a mulher, durante toda a história, como se sempre ou quase sempre lhe faltasse desejo sexual, isso é porque sempre se lhe tem atribuído ao homem o desejo sexual é superior à mulher. Isso é um mito, pois mulheres e homens têm a mesma capacidade de desejar, sendo que o problema não é a quantidade, mas que é um problema de ambiente. Isto significa que, se o ambiente é a mulher da mesma maneira que o homem, é dizer, se coloca, por exemplo, uma educação igualitária, a mulher teria a possibilidade de ter o mesmo desejo que o homem, ou até mais.

Infelizmente, o mundo funciona de outra maneira, existindo grandes diferenças entre homens e mulheres, provocando, assim, as diferenças no desejo sexual, principalmente, as mulheres, provocando a diminuição do interesse por sexo. Isto é, afirmam os especialistas, já que se trata para a mulher de forma desigual em nossa sociedade, e ser-lhe atribuídos tarefas estressantes, e não só no trabalho, mas também em sua própria casa.

Por outro lado, faltando muita informação sobre a sexualidade em idosos, acreditando em uma série de mitos sexuais que não são certos. Provocando assim a baixa do desejo sexual em mulheres mais velhas.

FATORES QUE DIMINUEM A LIBIDO

Quando falamos de libido nos referimos especificamente ao desejo sexual das pessoas, mas quando falamos de falta de libido é que nos referimos a um transtorno da sexualidade, que hoje em dia afeta milhares de mulheres em todo o mundo. Este tema vai diretamente relacionado com a frieza sexual ou simplesmente a falta de interesse que tem casais por manter relações sexuais satisfatórias.

Por culpa da falta de libido ou frigidez sexual, como queiram chamá-lo, é que o dia de hoje, muitos casais terminam seus relacionamentos, até mesmo anos. Pode haver muitos fatores que nos afetam e contribuem para a falta de libido, mas para isso, também podemos combatê-lo com o tesão de vaca para mulheres com nutrientes, totalmente naturais. Devemos lembrar também que isso ocorre, principalmente, pela incapacidade da mulher para atingir o orgasmo.

Quais são as principais causas da falta de libido na mulher?

Sintomas associados à menopausa e a causas hormonais

Devemos ter claro que esse problema pode ocorrer em todos os tipos de idades, no entanto, experimenta-se, maioritariamente, no início da menopausa ou perimenopausa.

De acordo com estudos realizados há algum tempo atrás, foi demonstrado que a falta de libido afeta cerca de um terço da população feminina, o que deixa números um pouco alarmantes.

Fármacos ou drogas

É necessário ter em conta que a falta de libido também é provocada pelo consumo excessivo de drogas ou medicamentos, nos quais podemos encontrar principalmente os antidepressivos, em seguida analisaremos algo sobre eles.

Causas psicológicas e depressões

Como dissemos antes a falta de libido pode ocorrer pelo consumo excessivo de fármacos ou drogas, principalmente a depressão, no entanto também pode dar-se por ter um quadro de depressão, muitas das mulheres que são afetadas psicologicamente sentem uma diminuição importante no desejo sexual.

Falta de Testosterona

A testosterona é o hormônio responsável pelo desejo sexual “tesão”, a queda nos níveis de testosterona no organismo pode causar a falta de libido. Porém, o uso de fitoterápicos, como, por exemplo, o estimulante sexual testomaster e sua composição tem se mostrado eficaz para reverter esse quado.

Desconhecimento do corpo da mulher por parte do homem

Em muitos casos, podemos ver que a falta de libido não ocorre por culpa direta da mulher, se não que também está ligado ao casal e sensualidade, se um homem não sabe como tratar uma mulher, no momento certo, cada vez mais se ira produzindo uma rejeição ao ter relações sexuais, e é por esta razão que a confiança fundamental para combater este problema.

O que faz um serralheiro

Esse profissional trabalha em serralherias. Sua função é desenvolver cortes, furos e soldas em matérias como metais (ferro, alumínio, cobre e o que vier) para construção de peças grandes e de larga escala. O serralheiro produz esquadrias, portas, janelas e por aí vai. Existem muitas empresas e oficinas que exigem do profissional uma formação, pelo menos em curso técnico, no qual ela aprenda técnicas de soldagem e dobras de produtos mais específicos, juntamente à parte mais administrativa que envolve elaboração de orçamentos e gerenciar a verba.

Algo básico e de praxe para exercer a profissão de serralheiro, na Destak Toldos, é ter o conhecimento mínimo de desenho industrial e cálculo, pois em serralherias é preciso compreender como funcionam as inúmeras máquinas que são usadas e suas funções, para se ter noção de segurança no trabalho e saber vestir o equipamento de proteção individual, o tal do EPI.

Dentro de serralherias, o profissional é responsável por:

Na Destak Toldos, o serralheiro faz a inspeção de materiais. O que é isso? Bom, ao receber os fixes de perfis metálicos, o serralheiro deve verificá-los, para que não haja nenhum problema com a peça mais para frente; analisar a embalagem (procurar por uma violação) e como o metal veio transportado; bem como a cor, forma, aspecto, acabamento e se é plano. Também cabe a ele ver se o material está danificado.

Em nossas serralherias ele cuida do armazenamento de materiais. Depois de fazer a inspeção, o material deve ser colocado em prateleiras que precisam estar cobertas com uma proteção de borracha ou feltro, para evitar danos ao material.

Corte de materiais é outra função exercida na Destak Toldos. O serralheiro deve cortar os perfis metálicos tendo em vista a peça a ser produzida, sendo extremamente preciso, para não interferir na qualidade da peça final e utilizando a maquinaria adequada junto a ferramentas próprias, como trenas e outros instrumentos de medida. Além do mais, eles precisam fazer desabes, furos, e entalhes nos metais com o pantógrafo e o estampo.

Montar esquadrias também faz parte! Essa montagem de esquadrias, em maior parte, é feita manualmente. Isso demanda um cuidado absoluto para o serralheiro e a vestimenta apropriada para evitar acidentes. Essas peças precisam ser unidas de maneira que tenha um encaixe muito preciso e perfeito entre elas. Para isso acontecer, deve-se usar materiais como borrachas, escovas, roldanas, guias, encostos e guarnições; fechos e até vidros.

Em serralherias também acontece a construção de protótipos: eles são indicados na produção de peças complicadas e em alta escala. No momento anterior ao corte dos perfis, é feito esse teste de corte e montagem que são requeridos para montar a peça em questão; só assim se verifica se as medidas estão corretas e que está tudo perfeito.

O transporte de peças também faz parte do trabalho da Destak Toldos. Ao entregar a esquadria para o cliente, o serralheiro deve colocar em direção vertical no caminhão, uma do lado da outra, com uma proteção no meio, papelão, por exemplo e amarradas com cordas de nylon ou até cizal, sempre evitando atrito entre o equipamento.